"Recria tua vida, sempre, sempre. Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça." (Cora Coralina)

Entre, fique à vontade, compartilhe conosco... Deixe seu comentário...

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Doce de leite

 

Outro dia ganhamos de um sitiante de Glaura (roça de Ouro Preto - MG) 4 litros de leite cru ("tirados direto da vaca"). Só que era muito, já que eu quase não tomo leite e as meninas não gostaram muito. Estava bem gordo, com bastante nata. Devido a isso, o leite ficou rolando na geladeira até que talhou. Então, tivemos a idéia de fazer doce de leite. Um doce que é feito ainda hoje na casa da minha mãe e que fica muito gostoso, apesar de algumas pessoas duvidarem que dá para se fazer algo com leite talhado e que fica muuuito bom.  Não tem uma receita exata. É só acrescentar açúcar de modo que corresponda mais ou menos à 1/3 da quantidade de leite. Mexer só de vez em quando. Deixar em fogo baixo até secar (não totalmente; o ideal é que ainda fique uma caldinha). Aqui em casa costumamos comer esse doce com um bom pedaço de queijo. Para quem quiser experimentar e gostar, bom apetite!!

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Síndrome de Mulher Maravilha e Desabafo

Olá queridos, 
há tempos  venho concluindo que nós mulheres temos um "quê" de super-herói das histórias em quadrinhos. Mais especificamente Mulher Maravilha. Vejamos porque: temos filhos, marido, gato, cachorro papagaio, casa, família (a nossa e a do marido), amigos, trabalho, supermercado, escola, salão de beleza, pediatras, ginecologistas, reuniões, Avon, Natura, shoppings, finais de semana e coisa e tal (gente, não estou reclamando de nada. Agradeço a Deus tudo que tenho ou não tenho em minha vida. Tudo só depende de como olhamos as coisas...). Com isso tudo que nos é atribuído, ainda temos que parecer com uma famosa modelo, ter o corpo de alguém magérrimo ou "simplesmente ter os poderes" dessa aí:


Vamos combinar que não seria ruim ser parecida fisicamente com ela! Mas o que eu gostaria mesmo de saber é se "ela" dá conta de fazer tudo que a gente faz em apenas 24 horas. E sem recursos como laço mágico, braceletes indestrutíveis, grande velocidade e agilidade, grande resistência física e ainda um mega avião transparente...

Sabe porque disso tudo: minha filha mais nova tem asma brônquica desde 1 ano de idade (agora ela tem 4). E sempre foi aquela correria quando ela entrava em crise. Mas a sorte (ou obra divina) é que morávamos em Belo Horizonte e lá existe um hospital infantil que é referência. Graças a Deus!!

No entanto, devido às voltas que a vida dá, estamos morando em São Mateus (norte do Espírito Santo). Uma cidade bem antiga mas cheia de problemas que parecem sem solução. A pobreza é grande, a falta de cultura, conhecimento, educação dentre outras coisas. Uma cidade que teria tudo para ser muito legal, pois tem uma praia aconchegante! Mas, dependemos sempre de quem está no poder, nos governos etc...

Desde que chegamos aqui (jan 2010), essa foi a primeira crise da Ana. Passei a noite de domingo em claro, controlando a febre alta e fazendo bombinha quase que de hora em hora. Na segunda-feira, decidi que deveria levá-la à pediatra (que já vem acompanhando as meninas desde nossa chegada aqui), pois a crise estava aumentando. O problema é que toda segunda a pediatra dá plantão no único hospital existente aqui nessa cidade. É uma maternidade que atende de tudo, ou melhor, não atende. 

Chegamos as hospital às 11 da manhã (depois que deixei almoço pronto, lanche escolar preparado, Maria de banho tomado etc). Fomos atendidas às 18:15. Isso mesmo!!!!!!! Nesse lugar chamado hospital só é emergência pediátrica se a criança apresentar febre de 39 graus. Fora isso, vc tem que esperar!!!!!!! Mesmo estando quase sem ar, como no caso da Ana.  A pediatra é muito boa, pena que trabalha num lugar tão....sem comentários. Mas, graças à Deus, voltamos para casa bem e vamos ficar ainda melhores.

Agradeço por vocês "ouvirem" esse desabafo, mas nós mães, heroínas ou o que acharem melhor também somos filhas de Deus!

Um beijo no coração de cada um que passa por aqui e vamo que vamo!!!!!!!!!

sábado, 25 de setembro de 2010

Omelete do marido


 

Marido às vezes chega em casa faminto e resolve fazer algo para "saciar" sua fome. Um prato que ele adora é omelete (gente, eu detesto ovo. Pode ser cozido, frito, mexido e outros mais, que não desce de maneira nehuma. Mas essa omelete....). Aliás, se deixar, marido come ovo todo dia. O pior é quando minha mãe vem nos visitar... ela também adora! Aí não dá outra: é ovo mesmo!!!!! E como fico na minoria, não posso nem dar uns pitacos....
Essa receita acho que muita gente já conhece, mas eu não sabia de sua existência até conhecer marido. Pra mim, omelete era ovo batido, sal e pronto. Vamos conhecê-la?!!

2 ovos batidos em neve mole (clara e gema)
1 cebola pequena bem picadinha
1 colher (café) de água gelada
cheiro verde à gosto
queijos de sua preferência (coloquei Gruyere, Parmesão e Canastra - todos picadinhos)
presunto ralado à gosto
1 fio de azeite
1 batata grande cortade em rodelas não muito finas, cozidas e fritas

Bater os ovos em neve mole. Acrescentar  a água, a cebola, o tempero verde, o azeite. Por último adicionar os queijos e o presunto, misturando levemente para não perder o volume. Arrumar as batatas fritas numa  omeleteira ou frigideira, em fogo baixo. Despejar a mistura de ovos na frigideira ,cobrindo as batatas. Virar a omelete para que os dois lados fiquem dourados. Sirva quente e bom apetite!!!

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

A Bailarina Maria

"Maria, o teu nome principia na palma da minha mão e cabe bem direitinho dentro do meu coração"


Um bolo de bailarina para uma princesinha! Assim foi o bolo de aniversário da minha Maria. Depois de conversarmos sobre alguns temas, ela acabou escolhendo a bailarina (talvez porque ela e a irmã - Ana - tenham começado a fazer balé agora em agosto). Então, fiquei pesquisando alguns modelos para ver qual conseguiria fazer e acabei optando por não "copiar" nenhum. Decidi modelar uma bailarina que fosse parecida com a aniversariante. E não é que ficou legal!!!! Ela gostou muito e todos ficamos muito feliz com o resultado. Espero que vocês gostem!


O bolo foi de pão-de-ló de chocolate (receita da Otávia Sommavilla). O recheio foi duplo: brigadeiro e bombom. Chantilly para decorar (aquele pronto!!!). Como resolvi fazer o aniversário meio que "em cima da hora", não tive tempo para fazer o chantilly caseiro. O legal também é que o pronto sempre dá certo!!!!!!!
Abaixo, alguns detalhes...


 
Beijos em todos que passam por aqui...


quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Bolo da Pepê


Uma amiga me encomendou um bolo para comemorar o aniversário de sua secretária do lar. Ela me pediu um bolo pequeno, todo de chocolate (massa e recheio) e com alguns detalhes: Pepê (a personagem principal), Vítor (filho da Pepê), Luana e Théo (filhos da minha amiga). Claro que não sou uma expert em modelagem com pasta americana, mas tentei fazer o melhor. Coloquei a Pepê "de folga" (deitada em confortáveis almofadas) no topo e as crianças na parte de baixo, devido ao tamanho do bolo. O resultado foi muito legal: todos gostaram e se divertiram com as modelagens.
Parabéns Pepê!
Beijos em todos!!!!!

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Mercado Central de BH

Queridos, coloco aqui uma das melhores coisas que Belo Horizonte oferece aos seus moradores e visitantes: o Mercado Central.


"Nascido em 07 de setembro de 1029, o mercado surgiu com a idéia de centralizar o abastecimento da capital e era administrado pelo município. Em 1964, a prefeitura anunciou que não tinha como mantê-lo e o pôs à venda. Os comerciantes se mobilizaram para comprar o espaço. Sob a liderança do Sr. Raimundo Pereira Lima, o Dico, os feirantes conseguiram recursos e construirão um galpão coberto. Antes, barracas de madeiras se enfileiravam no terreno descoberto, cercado de carroças que transportavam os produtos. Hoje, com cerca de 400 lojas nos mais diversos ramos de atividades, se tornou ícone do turismo, gastronomia e cultura da cidade."

E para comemorar seus 81 anos, o mercado fez a festa: foram 420 kg de bolo, 400 L de refrigerante, queima de fogos de artifício e muita música com a banda Universo em Desencanto. 

Com vocês, o MERCADO CENTRAL!!!!!!

(essa foto: Alex Araújo/G1 MG)

Aproveitando o passeio, fiz umas comprinhas básicas e gostaria de agradecer a todos os lojistas, em especial aos que me autorizaram a fotografá-los e publicá-los no blog:

COMERCIAL UCHÔA 
(chocolates, confeitos, etc)


EMPÓRIO PARAÍSO 
(onde você encontra todo tipo de queijo, doce, frutas secas, castanhas, vinhos e muito mais. Além da simpatia do pessoal da loja!!!)


QUEIJARIA MINEIRA
(especializada em queijos, doces e frios em geral)


CASA DAS PIMENTAS
(hum.....)


BISCOITOS SÃO GERALDO
(chocolates, frutas secas e cristalizadas, azeitonas, artigos natalinos e páscoa)


PASSEIO DA ARTE ARTESANATO
(simpaticíssimos Nilce e Peter. A loja é simplesmente uma loucura!!! Dá vontade de levar tudo.
Tudo é muito "mineiro" e de muito bom gosto. Adoro!!!!!)


MINAS DAS VIOLAS
(César Menotti e Fabiano)

Aqui encontrei a paz
Aqui eu vivo feliz sabe por que?
Eu moro em Minas Gerais
E não há lugar melhor pra se viver
Suas belas paisagens
alegram meu coração
Seu clima é tão perfeito
Como voz e violão
Além do horizonte tem
um belo vale pra gente olhar
São tantas cachoeiras que
nem faz falta o mar
Minas das violas,
do queijo e do diamante
Minas sem fronteiras
Minas de Belo Horizonte

sábado, 11 de setembro de 2010

Bombom Marmorizado


Oi queridos, demorei um pouco mas voltei!! Fiquei super feliz em saber que a Carol Fernandes foi a vencedora do desafio Ferrero Rocher do Blog da Joy. Para homenageá-la, resolvi fazer esses bombons marmorizados que ela mesma deu a dica. Espero que tenham ficado parecidos com os da "mestre". Ela merece!! Parabéns "amiga chique"!!!!!!

Beijos em todos...

Em tempo: os bombons foram recheados com cereja e ganache de chocolate branco

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Doce de mamão


Dia desses, marido chegou em casa com um tanto de mamão para fazer doce. Até aí, tudo bem!! O detalhe é que já estavam (quase) maduros... Alguns, nós comemos com granola, linhaça, etc. Mas como tinha muito mamão, a solução foi fazer o doce (mesmo com eles já bem maduros, passados dois dias). 
Agora vem os detalhes:
Marido resolveu fazer um tour pela nossa cozinha e resolveu que iria fazer o doce (nessas horas nós combinamos de ninguém dar palpite no que o outro está fazendo. Mas é difícil controlar...). Depois de algumas horas, a pia cheia, o fogão todo espirrado e  todas as colheres sujas o doce ficou pronto. Não devo negar que a cara era muito boa, mas como estava quente não experimentei. Quando o doce esfriou, marido o transferiu para uma vasilha. O problema é que a vasilha era de plástico e havia uma pequena "fenda" no fundo. Aí o que aconteceu???? A calda vasou e melou minha geladeira toda!!!!!!! (na verdade, eu já tinha visto que a calda tinha ficado rala; tentei falar para o "autor", mas sabe como é ...). Conclusão: tive que voltar com o doce para panela e deixar "secar" mais um pouco. O doce já não era mais em pedaços, mas ficou maravilhoso!!!! Parabéns pra marido (e pra mim tbém). Ah, assim que marido "liberar" a receita, posto pra vocês!!!

Já ia me esquecendo: vou pra BH no feriadão. Trem bão dimais, sô!!!!!!!! 
Beijos em todos!

Veja também:

Related Posts with Thumbnails