"Recria tua vida, sempre, sempre. Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça." (Cora Coralina)

Entre, fique à vontade, compartilhe conosco... Deixe seu comentário...

domingo, 5 de agosto de 2012

Pé-de-moleque da Bisa

Oi queridos,

minha avó sempre fez doces. Todo aniversário da família tinha que ter docinho da Dona Sylvia. Cajuzinho, brigadeiro, beijinho, olho de sogra e até alguns doces que já saíram de moda mas que também tiveram seus minutos de fama (melindre, queijadinha, amor em pedaços, docinho de queijo, etc). Já era de se esperar que (sendo criada em meio a tantas forminhas, latas de leite condensado, chocolate) eu fosse gostar de doces... Lembro-me bem que eu ajudava a separar as forminhas e "raspar a lata de leite condensado"!!!! Ficava de longe olhando minha avó na beira do fogão mexendo, mexendo, mexendo a panela em fogo bem baixinho para o doce não "pegar" no fundo. Hoje, vejo uma de minhas filhas com a mesma idade que eu tinha naquela época fazendo a mesma coisa que eu... Mas, dentre tantos doces, tinha um favorito: o pé-de-moleque. Adoro tudo que tem amendoim, mas esse doce era especial.... A receita é bem antiga; a mãe dela já fazia. A Bisa (como falam minhas meninas) está com 96 anos e já não faz mais seus docinhos. Mas, graças à Deus e à boa memória da Bisa, tenho algumas das receitas que ela fazia.

Receita:

500g de amendoim torrado e descascado
2 latas de leite condensado
a mesma medida da lata de leite de vaca
20 colheres (sopa) de açúcar
6 a 8 colheres (sopa) de chocolate em pó (dos Frades)
1 colher (sopa) de manteiga

Colocar numa panela todos os igredientes, exceto o amendoim torrado e sem casca. Mexer sempre em fogo brando até encorpar. Adicionar o amendoim. Continuar mexendo bem até dar ponto de cocada. Desligar o fogo. Colocar numa superfície levemente untada colheradas do doce. Esperar esfriar.






Não sei dizer ao certo a quantidade pois, aqui em casa, enquanto vou colocando na bancada vem alguém e "rouba" um pé-de-moleque. A quantidade vai depender também da colher que você usa para "formatar" o doce. Já fiz pé-de-moleque bem pequeno, usando duas colherzinhas de chá. Normalmente, uso as de sopa para dar o formato.

Bom, espero que tenham gostado. Um super beijo em todos que só passam por aqui ou que também comentam...

Verônica



9 comentários:

são33 disse...

NUNCA COMI MAS TENHO A CERTEZA QUE IA GOSTAR.
EXCELENTE ASPECTO.
BJS

Mayara disse...

Verônica. Eu gosto de pé de moleque. Que gostoso. Vou anotar aqui a sua receita, pq pela foto deve estar uma delícia. Um beijo

Rosita Vargas disse...

Es una delicia me encantó me llevo la recta está estupenda,abrazos y abrazos.

Jussara Silva disse...

Que saudade desse pé-de-moleque. Outro dia fui na casa da sua mãe e me lembrei dele. Nunca comi igual em nenhum outro lugar. Boa semana! Bjs.

Renata disse...

Olá Veronica, obrigada pela visita ao TP&A. Vim aqui conhecer o seu blog e já me deparo com um pé de moleque delicioso destes! Não existe nada melhor do que as doces recordações da vovó, né?
Quanto à sua pergunta, infelizmente não tenho a receita que vc pediu, mas assim que tiver publico, ok?

SUELY PERES disse...

Oi Verônica, vim retribuir a visita e adorei o seu blog e suas receitas. Vou ficar por aqui te seguindo. beijos

Josy disse...

Veronica adorei seu relato falando da sua vózinha com tanto carinho, lembro-me qdo era pequenina tbém adorava ver minha bisa mexendo em seus tachos. Adorei esse pé de moleque e é daquele que gosto, não fica duro como os que tem à venda. Gostei muito da receita. E muita saúde e felicidades a vovó. Bjocas ótima semana

Yolanda disse...

Gostei demais dessa receita, parece uma textura bem macia, anotei bjs e tudo de bom.

Chocolate na Cozinha disse...

Meninas, o doce é relamente muito bom. Agradeço a visita de vcs!
Beijos,

Veja também:

Related Posts with Thumbnails